Greg Blood gosta de compartilhar sobre a história e os artefatos dos nativos americanos – quase tanto quanto compartilhar sobre o que o Senhor fez em sua vida. Ele pode sempre ser encontrado envolvido com alguns de seus maiores hobbies, de jardinagem a arqueologia. Durante toda a sua vida, Greg sempre gostou de estar ao ar livre. “Desde tenra idade, tenho sido abençoado com uma capacidade criativa, o dom de trabalhar com as minhas mãos, e nunca tive medo do trabalho”, diz Greg – Papa – para os netos. Embora sua paixão pela vida e pelo Senhor seja evidente para qualquer um que o conheça, a jornada até onde ele está hoje foi bem difícil.

Greg cresceu em um lar desfeito em Los Angeles, Califórnia. Aos 13 anos, ele havia visto e cometido mais crimes do que qualquer criança poderia imaginar. Na adolescência, a maior parte do tempo era gasta na corrida. Greg queria ir a qualquer lugar com qualquer um que permitisse que ele fosse junto. Uma certa vez, ele viajou com uma banda para fazer um show. Greg se lembra de ouvir a mensagem do Evangelho, mas ele varreu as palavras tão rapidamente quanto vieram. “Minha vida era vazia de família, propósito e satisfação. Eu estava na escuridão e não sabia disso”, diz Greg.

Ao tentar pegar uma carona um dia, um carro passou e começou a desacelerar. Sem conhecer esse adolescente sem-teto, uma senhora idosa ao volante abaixou a janela o suficiente para estender a mão. Ela deu a Greg um Novo Testamento de Os Gideões, juntamente com uma simples declaração: “Deus me disse para dar isso a você.” Antes que ele pudesse agradecer, ela foi embora. Dentro do Novo Testamento havia uma nota de 20 dólares, que não poderia ter vindo em melhor hora. Ele folheou o Novo Testamento e colocou em sua bolsa. Periodicamente, ele abria e lia alguns versos. “Foi apenas algo para fazer”, lembra ele. No entanto, Deus estava usando esses versos para começar a trabalhar em seu coração.

Aos 17 anos, ele descobriu que sua mãe estava morando em Houston, Texas, então ele foi para a casa dela para ficar por um tempo. Ela o levou para fazer diversos trabalhos com membros da família, na tentativa de mantê-lo ocupado. Uma amiga de sua igreja passava algum tempo com Greg e compartilhava sobre Cristo de vez em quando. Essas conversas começaram a mexer em algo dentro do coração e da mente de Greg. Contemplando sua vida e o que ele tinha ouvido sobre o Senhor, ele sabia que era hora de aceitar a Cristo para ser seu Salvador. Andando pela calçada da Bunker Hill Road em Houston, Greg caiu de joelhos, confessou seus pecados e orou para receber a Cristo.

“No dia em que fui salvo, nasci de novo”, disse Greg. “Eu não apenas fiz uma oração – Deus me mudou instantaneamente. Eu estava orando na presença do Deus que estava me perdoando, e é assim que tenho orado desde então. ”

Nenhum traço de transgressão

Greg encontrou forças em sua nova fé e queria pagar as penas pelos crimes que cometera. Ele retornou a Los Angeles e tentou se entregar em uma prisão local. Eles o mandaram embora porque a cadeia estava cheia. Depois de várias outras tentativas de confessar o que ele havia feito, Greg descobriu que seu registro tinha sido cancelado quando completou 18 anos. Entrando em contato com um primo e um tio no Texas, Greg foi inscrito em uma casa de meninos em Corpus Christi. Ele ficou lá por vários meses, crescendo em sua fé como crente e estudando o Novo Testamento regularmente.

Em 1981, Greg se casou com Nacole, sua esposa que ele conheceu na área de Corpus Christi. Ela também era crente. Não tendo nenhum exemplo de bom pai, Greg se sentia inadequado e com medo de começar uma família. No entanto, isso fez com que Greg confiasse completamente no Senhor para direcionar cada passo do caminho. Hoje, seus três filhos são salvos e procuram seguir a Cristo. Embora ele considere sua família uma de suas maiores realizações, Greg é mais satisfeito com a forma como o Senhor continua a usá-lo. “Minha maior conquista é poder levar pessoas a Jesus. Eu testemunho às pessoas onde quer que eu vá ”. Ele admira o ministério dos Gideões Internacionais e as poderosas maneiras pelas quais Deus alcança as pessoas através de Sua Palavra. Ele não sabe onde ou como aquela senhora obteve o Novo Testamento, apenas que se tornou um de seus bens mais valiosos. “Devemos aproveitar todas as oportunidades possíveis para compartilhar a Palavra da Vida. A recompensa é eterna”, disse Greg.

“Sempre sou abençoado por ver que Deus é fiel e eu o louvo pelas verdades e promessas contidas nas Escrituras.” — Greg Blood

Pensando naquela mulher que saiu de sua zona de conforto para lhe dar um Novo Testamento, Greg atribui esse único ato como “o maior ato de amor que eu já conheci”. O que parecia ser um livro sobre o qual ele não conhecia muito, tornou-se um tesouro de valor indescritível. A vida de Greg é uma demonstração poderosa de como Deus conduz pessoas e circunstâncias para levar as pessoas à vida eterna. As páginas da Escritura contêm o maior presente que alguém poderia receber. Que aqueles que servem através do Gideões Internacionais sigam fielmente alcançando outros para Cristo através do compartilhamento de uma palavra de testemunho pessoal junto com a Santa Palavra de Deus – confiando que Ele produzirá a colheita.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *